Dia 19 de agosto é conhecido pelo Dia do Ciclista e como esta é uma forma de locomoção de muitos brasileiros, resolvemos fazer uma matéria especial para a data, com dicas de boas maneiras para a galera que curte uma bike. Muitas destas você talvez já conheça, mas sempre é válido refrescar a memória para sustentarmos um trânsito seguro.

Vamos então as 5 dicas para os ciclistas mandarem bem com suas bikes no trânsito.

 

Deixe sua bicicleta visível

Essa dica é muito IMPORTANTE! Para poderem ter tempo de reação e desviar de você com segurança, os motoristas precisam vê-lo. E, à noite, quem está em uma bicicleta é ainda menos visto por quem está dirigindo. Por isso, a dica é: use sempre luz branca na frente e vermelha atrás, para os motoristas saberem rapidamente se você está indo ou vindo. Se quiser, ainda é possível usar mais um farol atrás e na frente para reforçar a iluminação, isso ajudará a ser identificado em distâncias maiores, pelos motoristas e também pedestres que estiverem próximos do local onde você pedala.

 

Cuidado com os cruzamentos

Não fique fazendo zigue-zague e muito menos entre sem olhar em uma avenida ou rua. Sinalize sempre quando mudar de pista, mesmo que o motorista mais próximo esteja lá atrás. Sinalizando, o motorista prevê o que você vai fazer e diminui a velocidade, podendo evitar uma possível manobra diferente.

 

Entre os veículos, não!

Com certeza você se deparou com aquele ciclista que pedala no meio da rua, em meio aos demais veículos, acertamos? Essa é uma prática errada e muito perigosa. Lembre-se que a bicicleta é um veículo simples (sim, a bicicleta é um veículo) e frágil, que a qualquer movimento, ou toque, pode gerar o seu desequilíbrio devido a força, por mais habilidade que você tenha, e realizar a sua queda em meio a rua movimentada. Opte por andar sempre o mais à direita possível, junto aos veículos estacionados.

 

Vale ressaltar que é obrigatoriedade dos condutores motociclistas, de automóveis leve e pesados, deixar uma margem de 1,5 metros de segurança de você ao fazer a ultrapassagem.

 

Cuidado com os veículos estacionados.

Cuidado com as portas dos carros estacionados. Muitos motoristas olham no retrovisor procurando o volume grande de um carro e acabam não vendo a bike chegando, principalmente à noite (outro ponto a favor da iluminação piscante). Ou o motorista olha em um ângulo que faz a bicicleta ficar em um ponto cego. E há também quem seja distraído mesmo! Tem até quem abra a porta toda de uma vez, empurrando com o pé.

 

Use sempre o capacete.

Ciclista consciente usa capacete. Essa proteção é essencial e ainda mais necessária a quem está começando, pois, a habilidade em se equilibrar em situações adversas vem com o tempo e a prática. A bicicleta é um veículo simples (sim, a bicicleta é um veículo), e tem os seus riscos, por isso lembre-se: cuidado nunca é demais. Tenha em mente que o capacete não irá lhe proteger apenas dos demais veículos na via, mas de qualquer situação adversa, como por exemplo, uma possível queda após passar por uma rua esburacada.

 

Dica bônus: NA CONTRAMÃO, NÃO.

Sabe por quê? Pensa com a gente... mesmo que nós aprendemos que se faz necessário olhar para os dois lados da via antes de atravessar uma rua, quando sabemos que é uma via de mão única, muitas vezes, olhamos apenas para o lado do sentido dos veículos, estamos certos? A mesma coisa acontece com os condutores ao chegar em um cruzamento de mão única, o comum é que atenham sua atenção apenas para o lado do fluxo de veículos. Por isso, SEMPRE PEDALE NO MESMO SENTIDO DOS VEÍCULOS E NÃO NA CONTRAMÃO. Assim, você pode estar evitando de se envolver em um possível acidente.

 

Gostou? Então envia para todos os seus amigos que curtem andar de bike e principalmente para àqueles que usam como forma de locomoção na cidade.

5 DICAS PARA OS CICLISTAS MANDAREM BEM COM SUAS BIKES NO TRÂNSITO.

(51) 3715.1717 • (51) 3056.4994 • (51) 3056.4884 • (51) 3713.2733

Centro de Formação de Condutores Real - 2021

Desenvolvido por Artistic Web e Elefante CW